Sérgio Guerra diz que não há ilegalidade no pagamento de viagem de sua filha

BRASÍLIA - O presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE), afirmou nesta segunda-feira que não havia irregularidades no pagamento pelo Senado das despesas de sua filha, Helena Olympia de Almeida Brennand, na viagem em que ela o acompanhou aos Estados Unidos, em fevereiro de 2007.

Camila Campanerut, repórter em Brasília |

A viagem de seis dias do senador e da acompanhante foi autorizada pelo diretor da época, Shalom Granado e do então presidente da Casa, Renan Calheiros.

Agência Brasil

O senador tucano Sérgio Guerra (PE)

Eu estava bastante doente com a possibilidade de ter um câncer e minha filha me acompanhou nesta tarefa de diagnóstico. Agora, esta denúncia aparece. Nada do que fiz foi ilegal, explicou Sérgio Guerra.  

Guerra se baseou no artigo 10 do Ato da Comissão Diretora nº 5, de 2006, sobre fornecimento de passagens e concessão de diárias: ... serão indenizadas mediante concessão de diárias correndo à conta do Senado Federal, sob rubrica orçamentária classificação de serviços específicos.

Na época, as despesas da filha do senador tucano em Nova Iorque não foram cobradas pelo governo, segundo o documento do atual diretor da Secretaria de Controle Interno do Senado, Eduardo Torres.  No texto, ele explica que devido ao estado de saúde debilitado do parlamentar não foi questionada a necessidade de viajar para realizar exames médicos.

O senador preferiu não acusar ninguém sobre o porquê da informação voltar à tona, neste momento de crise no Senado e troca de acusações entre aliados de José Sarney (PMDB-AP) e oposição.

Segundo o Partido, no Tribunal de Contas da União constam dois pareceres: um com a solicitação da viagem (sem pedido de ressarcimento aos cofres públicos dos gastos da acompanhante) e outro da diretoria de finanças do Senado questionando os gastos.  Ambas estão à disposição de avaliação do TCU. No caso de ter de devolver o dinheiro gasto com a filha, o senador declarou que o faria.

Leia também:

Leia mais sobre: crise no Senado

    Leia tudo sobre: passagempassagens aéreassenadosenadoressérgio guerra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG