Sequestro em São Paulo termina após seis horas de negociação

SÃO PAULO - Uma família foi feita refém por seis horas após uma tentativa frustrada de assalto em Itapevi, na Grande São Paulo. Nove pessoas, sendo sete da família e um casal de amigos, foram libertados pelos assaltantes pouco antes das 3 horas da madrugada desta sexta-feira.

Agência Estado |

Por volta da meia-noite, a mãe da família foi a primeira a ganhar a liberdade. Quase meia hora depois, os assaltantes libertaram a nora.

As negociações continuaram. Os assaltantes chegaram a pedir coletes à prova de bala, mas a exigência foi negada pela polícia.

Para se entregarem, os assaltantes, três homens e um menor, exigiram a imprensa no local e que uma equipe de televisão entrasse na residência para acompanhar a rendição.

De acordo com informações da Polícia, o grupo rendeu o filho de um empresário e invadiu a residência. O pai conseguiu fugir, pulando o muro do quintal, e acionou a Polícia.

O Grupo de Ações Táticas e Especiais (Gate) da Polícia Militar, o Grupo Especial de Resgate da Polícia Civil e equipes da 3ª Companhia do 20º Batalhão comandaram as negociações.

Leia mais sobre: sequestro

    Leia tudo sobre: seqüestro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG