Seqüestro em Santo André já passa de 72 horas

Já completou três dias que a adolescente Eloá, de 15 anos, permanece refém do ex-namorado Lindembergue Alves em um apartamento da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), em Santo André, no ABC paulista. Além dela, a amiga Nayara voltou ao apartamento por volta das 9 horas a pedido do rapaz para negociar, segundo informações do comandante Félix, da Tropa de Choque da Polícia Militar (PM).

Agência Estado |

Porém, já faz cerca de cinco horas que Nayara entrou e ainda não deixou o local.

Perto do meio-dia, o irmão de Eloá, em companhia de um dos negociadores e do pai de Nayara, foram até a porta do apartamento. Na volta, ele trouxe uma mochila e dois cães, que são da família. Segundo o comandante Felix, durante negociações, Lindembergue, de 22 anos, disse que não vai matar ninguém e também não pretende se matar.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG