Senador manda suspender licitação para compra de novas cadeiras

BRASÍLIA - O senador Heráclito Fortes, eleito nesta terça-feira primeiro-secretário do Senado, mandou suspender a licitação de R$ 2,49 milhões para comprar 1724 cadeiras e 62 sofás novos para o parlamento. Fortes alega desconhecer o processo da licitação e quer tempo para analisar a necessidade da compra dos novos móveis.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Reportagem do Correio Braziliense revela que a licitação permitiria que cada um dos 81 parlamentares tivesse uma cadeira nova de couro preto, costura dupla, encosto alto, apoio na cabeça e espuma de poliuretano. Cada cadeira custa entre R$ 1,1 mil e R$ 4,8 mil.

Estava marcada para hoje a abertura dos envelopes com as propostas das empresas concorrentes.

Leia mais sobre: licitação - Senado

    Leia tudo sobre: senado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG