Senador João Pedro afirma que Mercadante seguirá como líder do PT

BRASÍLIA - Em sua página pessoal no Twitter, o senador pelo PT pelo Amazonas João Pedro afirmou que o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) deve ficar na liderança do partido no Senado. A previsão é que Mercadante anuncie sua decisão na sessão plenária do Senado Federal na manhã desta sexta-feira sua decisão sobre deixar ou não o cargo.

Camila Campanerut, repórter em Brasília |

O líder petista disse que iria se pronunciar às 15h de quinta-feira, mas, a pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por meio de um telefonema do ministro de Relações Institucionais, José Múcio, Mercadante resolveu adiar sua exposição.

Agência Brasil
Senador Aloizio Mercadante ao deixar o Conselho de Ética na quarta-feira

Aloizio Mercadante ao deixar o Conselho de Ética na quarta-feira

Na noite de quinta-feira, Mercadante teve um encontro com o presidente Lula no Palácio da Alvorada para discutir o assunto. O senador entrou e saiu do jantar com o presidente por um acesso restrito do Palácio e não falou com a imprensa.

Líder do partido

A discordância entre os senadores e a orientação da Executiva enfraqueceram a posição de liderança de Mercadante, que desde quarta-feira já havia colocado o cargo à disposição do partido, por também não concordar com a manutenção do arquivamento.

Em coletiva à imprensa, na última quarta-feira, o petista disse que não iria deixar o cargo. Qualquer senador que fizer esta reivindicação para este cargo, eu passo. Eu não reivindico este cargo, garantiu - que não sairia neste momento de crise, após militar pelo partido há 30 anos.

No entanto, na quinta-feira, o senador petista postou em sua página pessoal no Twitter que subiria à tribuna para apresentar a renúncia da liderança do PT em caráter irrevogável.

Leia também:



Leia mais sobre:
crise no Senado

    Leia tudo sobre: mercadantesenadosenadores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG