Senado prorroga processo contra Zoghbi por 60 dias

BRASÍLIA ¿ O prazo para a conclusão do processo administrativo contra o ex-diretor de Recursos Humanos, João Carlos Zoghbi, foi prorrogado por 60 dias. A decisão veio por meio de um ato assinado pelo primeiro-secretário do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI), pelo fato do período não ter sido suficiente para ouvir todas as testemunhas convocadas pela defesa do ex-funcionário. O processo terminaria na próxima segunda-feira (24).

Camila Campanerut, repórter em Brasília |

Agência Brasil
Zoghbi, acusado de fraudes no Senado
A suspeita sobre Zoghbi é de envolvimento em um esquema de fraudes com bancos que ofereceram empréstimos consignados a funcionários do Senado, acima do valor das parcelas permitidas pela legalização, de 30% do salário.

O ex-diretor é ainda suspeito de fazer de "laranja" de empresas dele uma ex- babá da família, com arrecadação no valor de R$ 3 milhões, apenas com contratos assinados com servidores.

A mulher dele, Denise Zoghbi, também é suspeita de participar do esquema. Em paralelo ao trabalho da comissão de sindicância do Senado, a Polícia Legislativa da Casa instaurou um inquérito para investigar as fraudes cometidas por Zoghbi e sua família.

Leia também:

Leia mais sobre: crise no Senado

    Leia tudo sobre: joão carlos zoghbisenadosenadores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG