BRASÍLIA - O Senado pode aprovar, nesta terça-feira, uma medida provisória que beneficia grileiros de terras na Amazônia Legal. A medida triplica o tamanho de áreas públicas utilizadas por posseiros que serão regularizadas sem licitação. Fruto da negociação do governo com o setor agropecuário, a MP teve objeção na Câmara apenas do PV e o PPS.

Sem representantes desses partidos no Senado, a medida pode ser facilmente aprovada. Eu olho essa MP com uma visão crítica. Em muitas dessas terras, houve a expulsão de camponeses, até de forma violenta, e agora terão as terras legalizadas, argumenta o senador José Nery (Psol-PA), uma das poucas vozes contrárias à matéria no Senado.

Leia tudo no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.