O Senado da França deu sua aprovação final a uma lei que vai punir pessoas que fizerem download ilegal de músicas e filmes ao cortar suas conexões de internet e criar o que deve ser a primeira agência governamental para reprimir piratas na rede. Ela foi aprovada por 189 votos a 14, depois de ter passado, ontem, pela Câmara baixa do Parlamento francês.

Mas o futuro da lei é incerto, já que uma medida do Parlamento Europeu deve proibir a interrupção da conexão de internet sem a ordem de um tribunal. Uma versão final da medida ainda precisa ser negociada no Conselho Europeu. Se aprovada, a lei que vai abranger toda a Europa vai contradizer a legislação francesa. A indústria do entretenimento saudou a medida francesa, à qual se opõem defensores da privacidade na internet.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.