Senado desiste de criar cargos sem concurso

O presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), informou hoje que os senadores concordaram em suspender a criação de novos cargos comissionados para os gabinetes sem realização de concurso. Segundo o senador, a repercussão negativa da informação sobre a contratação de 97 cargos, no valor de R$ 9,97 mil cada um, obrigou a Mesa a desautorizar as novas contratações.

Agência Estado |

"A repercussão negativa foi decisiva para a decisão da Mesa", afirmou Garibaldi Alves, para quem o cancelamento das contratações "é bom para a imagem do Congresso." Garibaldi informou que estão sendo realizados procedimentos para um concurso que abrirá 150 vagas para funções básicas do Senado. A criação dos novos cargos seria discutida hoje, em reunião da Mesa que acabou suspensa por causa da decisão dos senadores de suspender a proposta.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG