Senado deixa MP que reajusta salário de 450 mil servidores para próxima semana

BRASÍLIA - O senado vai deixar para a semana que vem a votação das medidas provisórias (MPs) 440 e 441, que reajustam o salário de cerca de 450 mil servidores públicos. A informação é do senador Renato Casagrande (ES), líder do PSB na Casa.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

De acordo com Casagrande, o aumento, por si só, é um tema polêmico. Com a crise internacional, o tema ficou "ainda mais delicado". Por isso, governo e oposição vão se reunir na semana que vem e tentar encontrar um denominador comum para a votação.

Apesar da protelação, a expectativa é que as matérias sejam aprovadas, uma vez que a oposição jogou para o governo a responsabilidade com as contas futuras em razão do aumento.

"Se o governo fez um compromisso de ajustar o salário dos servidores, ele que arque com o desgaste de não aprovar os projetos. Coloque sua base para votar contra ou deixe que o presidente não sancione a MP. A nós, da oposição, cabe aprovar a matéria", disse o líder do DEM no Senado, José Agripino (RN).

MP's

A MP 440 reajusta o salário de 93 mil funcionários e representa um impacto de R$ 20,4 bilhões no orçamento do governo até 2011. A 441 aumenta os vencimentos de cerca de 380 mil servidores de 40 carreiras e representa R$ 8,9 bilhões nos próximos três anos para os cofres públicos.

Leia mais sobre: MP's

    Leia tudo sobre: mpmps

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG