Senado aprova projeto que regulamenta meia-entrada em shows e espetáculos

BRASÍLIA - Por 14 votos a sete, a Comissão de Educação e Cultura do Senado aprovou nesta terça-feira (25) o projeto que regulamenta a cobrança da meia-entrada em shows e espetáculos teatrais. A proposta aprovada estabelece uma cota de 40% para ingressos vendidos com meia-entrada. Esse ponto da matéria encontrou resistência por parte dos estudantes, que fizeram um protesto na comissão.

Agência Brasil |

"Não é preciso ter cotas. Consideramos isso nocivo, porque não haverá mecanismos de fiscalização para quando uma venda de ingressos atingir a cota", disse a presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Lúcia Stumpf.

Empresários e artistas, no entanto, se mostraram favoráveis às cotas para venda de ingressos em espetáculos. A reunião de hoje contou com a presença de vários representantes que pressionaram a aprovação do projeto, em tramitação no Senado há três anos. Alguns parlamentares passaram pela comissão apenas para cumprimentar Wagner Moura e Christiane Torloni.

Além de estabelecer cotas, a norma cria um conselho de fiscalização e determina que apenas a Casa da Moeda emita as carteirinhas com permissão para a meia-entrada. A matéria segue, agora, para a Câmara dos Deputados.

Leia mais sobre: meia-entrada

    Leia tudo sobre: culturameia-entrada

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG