Contrariando o desejo da Igreja Católica, o Senado aprovou em primeiro turno, por 54 votos a favor, 3 contrários e 2 abstenções a proposta de emenda à Constituição que facilita a dissolução do casamento pelo divórcio.

O texto, de iniciativa do deputado Sérgio Carneiro (PT-BA), suprime a exigência antes do divórcio de prévia separação judicial por mais de um ano ou de comprovada separação de fato por mais de dois anos.

Quando da aprovação da proposta na Câmara, em maio último, o vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Luiz Soares Vieira, criticou a medida, alegando que a mudança "banaliza demais uma coisa que é muito séria". A votação em segundo turno ocorrerá na próxima semana.

Leia mais sobre: divórcio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.