Senado aprova diretor da ANA após já ter sido rejeitado

Uma manobra do líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), e do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), atropelou um parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e aprovou o nome de Paulo Rodrigues Vieira para a diretoria da Agência Nacional de Águas (ANA). Vieira é uma indicação do próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Agência Estado |

No dia 16 de dezembro, por 26 votos a 25, o plenário do Senado rejeitara a indicação de Vieira para uma diretoria da ANA. Mas houve um recurso do senador Magno Malta (PR-ES) à Comissão de Constituição e Justiça.

O presidente da CCJ, Demóstenes Torres (DEM-G), disse que avocou o processo para si. "Fiz um parecer contrário à anulação da decisão anterior do Senado. Submetido à CCJ, meu parecer foi aprovado", contou. "Lembrei que havia dois antecedentes de rejeição de votações anteriores, ou por decisão dos líderes, ou por decisão da Mesa. Pelo jeito, o presidente Sarney criou uma terceira modalidade de anulação", comentou ele.

Na manobra, Sarney foi ajudado pelo líder do governo, Romero Jucá. "Eu queria só pedir a revotação do senhor Paulo Rodrigues, da ANA. Já veio o parecer da CCJ, está no plenário. Já há entendimento dos líderes. Não é votação com quórum qualificado. Portanto, eu gostaria que pudesse ser votado em seguida (o nome de Paulo Vieira)", disse Jucá.

Sarney ainda argumentou: "Eu quero primeiro consultar o plenário, porque o parecer da comissão concluiu pela falta de previsão legal, enfatizando, contudo, que o plenário desta Casa é soberano para decidir a questão, amparado em precedentes. Eu consulto o plenário se há consenso para que seja novamente submetido a votação", disse Sarney.

Como ninguém se manifestou contra a votação que revogou uma anterior, Sarney então chamou os senadores ao plenário. Terminado o processo, cuja votação é secreta, Sarney anunciou que 44 senadores haviam votado, sendo 28 a favor da indicação de Paulo Vieira, 15 contrários e uma abstenção.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG