Senado adia definição sobre presidências de comissões

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), anunciou na tarde de hoje que, somente depois do carnaval, é que serão retomadas as negociações para o preenchimento das presidências das 11 comissões técnicas do Senado. Ironizando a dificuldade no acerto dos nomes, causada por haver mais de um nome para o mesmo cargo, Jucá disse que o Senado vai seguir o ritmo da Câmara, que, igualmente, só depois do carnaval é que vai formalizar o comando das comissões.

Agência Estado |

"Não vamos ter a pressa que aniquila o verso", disse o líder, repetindo o poeta pernambucano João Cabral de Melo Neto.

Uma das maiores dificuldades é o impasse provocado pela disputa da Comissão de Infraestrutura, cobiçada pelo PT, para dar o cargo a ex-líder do partido Ideli Salvatti (SC), e o PTB, que quer o cargo para o senador Fernando Collor (AL). Ideli avisou que o partido não vai desistir da proporcionalidade que lhe cede a quarta opção na escolha das comissões, enquanto o PTB seria o último.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG