Sem-terra ocupam fazenda no Pontal do Paranapanema

Cerca de 200 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram ontem à noite a fazenda São José, em Marabá Paulista, no Pontal do Paranapanema, extremo oeste do Estado de São Paulo. De acordo com o coordenador regional Valmir Rodrigues Chaves, a ação faz parte da Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária, também chamada de Abril Vermelho.

Agência Estado |

Os militantes chegaram num comboio formado por ônibus, caminhões e carros e, depois de romper a cerca, ocuparam uma área de pastagens da propriedade. Hoje, eles montaram acampamento no local.

A Polícia Militar (PM) confirmou a invasão e informou que o proprietário, José Teixeira dos Santos, entrou com pedido de reintegração de posse no fórum de Presidente Venceslau, sede da Comarca. Aos policiais, Santos disse que as terras são documentadas e produtivas. Ele não foi localizado pela reportagem.

No entanto, Chaves alegou que os 1.200 hectares são improdutivos e devem ser desapropriados para a reforma agrária. O MST pediu ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) uma vistoria na fazenda para avaliar o índice de produtividade. O líder disse que o movimento vai fazer novas ocupações na região. "É só assim que a reforma agrária vai andar."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG