Ainda em recuperação e sofrendo com fortes dores após levar quatro tiros (um de raspão) na Praça Roosevelt, no dia 5 de dezembro, Mário Bortolotto está de volta. No mês que vem, ele estreia peça nova e está escrevendo três livros, um de poesias, outro de contos e mais um com suas peças favoritas.

Mesmo assim, o dramaturgo ainda encontrou tempo para organizar, junto com o Instituto Itaú Cultural, a Semana Mário Bortolotto, que começa amanhã e vai até domingo. A entrada é grátis.

Para o evento, Bortolotto vai reunir vários amigos que irão, a partir de sua obra, debater sobre música, literatura, poesia, cinema e teatro. A cada dia, um tema será abordado. Entre os convidados estão o escritor Marcelo Rubens Paiva, o jornalista do jornal O Estado de S.Paulo Jotabê Medeiros, o cineasta Beto Brant e os poetas Marcelo Montenegro e Sergio Mello. Além disso, no sábado, a banda de Bortolotto, Saco de Ratos, também fará uma apresentação.

"Iremos usar o meu trabalho como ponto de partida para os debates. Vamos ler trechos de minhas obras e autores que me influenciaram e então falar sobre eles", diz o dramaturgo, que irá participar durante todos os dias do evento. "Tive bastante liberdade para fazer o que quisesse. Esse formato foi minha sugestão", completa.

Na quarta, a programação será dedicada ao teatro. Na quinta, o tema é história em quadrinhos e literatura. Sexta é dia de cinema e sábado, de poesia. O evento será encerrado no domingo, com música. "Trabalho nesses temas há mais de 30 anos. Sempre fiz várias coisas diferentes. Era impossível tratar da minha obra focando em apenas um aspecto."

Semana Mário Bortolotto
De quarta a domingo, às 20h.
Instituto Itaú Cultural. Avenida Paulista, 149, Paraíso.
Telefone: 2168-1777.
Grátis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.