Semana da Crítica do Festival de Cannes não terá latino-americanos

Filmes da Ásia e da Escandinávia dominam a Semana da Crítica, seção paralela mais antiga do Festival de Cannes, que anunciou nesta segunda-feira a sua seleção oficial, da qual a América Latina está ausente.

AFP |

"Nenhum longa-metragem latino-americano foi escolhido este ano na seleção oficial da Semana da Crítica", indicou Jean-Christophe Berjon, que preside esta seção paralela do Festival, que tem como objetivo descobrir e promover os jovens talentos do cinema.

Nas seções paralelas, o único representante brasileiro está na de curtas-metragens: "A Distração de Ivan", de Cavi Borges e Gustavo Melo.

A Semana da Crítica terá os seguintes filmes: "The Sound of Noise", de Oia Simonsson e Johannes Stjame Nisson (Suécia), "Armadillo", de Janus Metz (Dinamarca), "Bedeviled", de Jang Cheoi So (Coreia do Sul), "Belle Epine", de Resbecca Ziotowski (França), "Bi, dung so", de Phan Dang Di (Vietnã), "Sandcastle", de Boo unfeng (Cingapura) e "The Mith of the American sleepover", de David Robert Mitchell (EUA).

O Festival de Cannes começa no dia 12 de maio e termina no dia 23 do mesmo mês.

    Leia tudo sobre: festival de cannes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG