BRASÍLIA (Reuters) - O Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu em 1,0 ponto percentual a taxa básica de juro brasileira, para 9,25 por cento ao ano, em decisão por seis votos a dois. O quarto corte sucessivo do juro básico brasileiro, anunciado nesta quarta-feira, repetiu o ritmo da última decisão e foi mais agressivo que o esperado pela maioria dos analistas, principalmente depois da divulgação de uma contração menos severa da economia brasileira no primeiro trimestre.

"Levando em conta que mudanças da taxa básica de juros têm efeitos sobre a atividade econômica e sobre a dinâmica inflacionária que se acumulam ao longo do tempo, o comitê concorda que qualquer flexibilização monetária adicional deverá ser implementada de maneira mais parcimoniosa ", afirmou o Copom em comunicado.

Os dois votos dissidentes defendiam um corte menor da Selic, de 0,75 ponto percentual.

A próxima reunião do Copom está agendada para 21 e 22 de julho.

(Reportagem de Isabel Versiani)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.