feliz com destaque na Viradouro - Brasil - iG" /

Sem sorrisos, Júlia se diz feliz com destaque na Viradouro

Por Hugo Bachega RIO (Reuters) - Com apenas 7 anos, Júlia Lira alcançou o posto que muitas celebridades levaram anos para conquistar: rainha de bateria de uma grande escola do Carnaval do Rio. Mas, minutos antes de sua estreia na Marquês de Sapucaí, a nova celebridade economizou sorrisos e palavras, dizendo apenas estar feliz com a responsabilidade na avenida.

Reuters |

"Estou animada", disse Júlia à Reuters no camarote da Viradouro no sambódromo. "Não dormi à noite", acrescentou.

Júlia tornou-se o centro de uma polêmica após ser nomeada rainha de bateria da agremiação de Niterói, presidida por seu pai, Marco Lira. O Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente chegou a ameaçar barrar a participação da menina no desfile, mas sua presença foi liberada pelo Juizado da Infância e Juventude.

"Se não fosse ela, não seria ninguém", disse a mãe de Júlia, Mônica.

Segundo ela, nem o assédio da imprensa intimida ou incomoda sua filha.

"Eu é que estou nervosa", afirmou. "Ela se transforma (com o assédio da imprensa). Eu não sei o que acontece com a personalidade dessa criança".

Minutos antes da entrada de Júlia na avenida, seguranças barravam jornalistas e fotógrafos que se aproximavam da menina.

Na concentração antes do desfile da Viradouro, o pai de Júlia defendeu a presença da filha à frente da bateria.

"Não é uma coisa forçada ou imposta", disse ele a jornalistas. "Ela se identifica... Foi uma coisa bem espontânea".

Perguntado sobre as reações à nomeação de Júlia, o presidente da escola classificou algumas como "infelizes". E afirmou que as entende, mas mas não aceita.

"Eu desafio um pai e uma mãe a expor seu filho ou filha a uma relação que esteja ligada à pedofilia", afirmou, ao comentar as opiniões de que a participação da menina seria uma apologia à exploração sexual infantil.

"Daí eu te pergunto: minha filha não pode mais ir à praia de biquini?"

A Viradouro é a quarta escola a apresentar-se neste domingo no Rio de Janeiro, em noite que reuniu outras veteranas da Sapucaí no cobiçado posto de rainha de bateria, como Luíza Brunet e Adriane Galisteu.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG