Sem chuva, 2º show de Madonna supera o 1º no Rio

Sem chuva, com atraso de uma hora e 35 minutos, mas sem os problemas do domingo, Madonna cantou para 60 mil pessoas anteontem no segundo show da turnê Sticky & Sweet anteontem, no estádio do Maracanã. No fim da apresentação, ela apareceu vestindo a camisa amarela da Seleção Brasileira.

Agência Estado |

Com o show antecipado para as 20 horas, a cantora apareceu em cena após as 21h35, o que deixou a platéia impaciente. Mas bastou o show começar para que os fãs a perdoassem.

O tempo seco realmente fez a diferença. Até a própria Madonna - que na noite anterior chegou a aborrecer a platéia por insistir em cantar de improviso uma musiquinha para espantar o aguaceiro - estava mais feliz na segunda e brincou com o fato. "Vocês estão mais animados hoje?" A galera respondeu com um sonoro sim. "É porque não está chovendo." Mais manifestação de entusiasmo. "Vocês estão se divertindo?", disse. Outra resposta positiva. E ela emendou: "Eu também".

Depois do show, a estrela foi para uma festa no Hotel Fasano, em Ipanema, e mostrou ter muito fôlego dançando até as 4 horas. Durante todo o tempo tinha um segurança ao seu lado. Na festa, estavam Gilberto Gil, Reynaldo Gianecchini e Rodrigo Santoro. Durante todo o dia de ontem Madonna não deixou o Copacabana Palace. Hoje, ela fotografa um ensaio para a revista 'W' com o tema 'Madonna in Rio'. Amanhã ela chega a São Paulo para a primeira de três apresentações.

Na capital paulista, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) montou uma operação especial para monitorar o trânsito nos arredores do Estádio do Morumbi. O esquema especial começa à 0h de amanhã. A CET aconselha ainda que os fãs utilizem a linha especial de ônibus Morumbi-Praça Ramos. Quem estiver de carro poderá estacionar nos conjuntos Centro Empresarial Nações Unidas e World Trade Center - ambos incluem translado ao estádio. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG