Sem acordo, não houve votações na sessão da Câmara dos Deputados realizada hoje. Com isso, as votações no plenário só deverão ser retomadas em outubro, depois das eleições.

A sessão de hoje continua à noite, mas apenas com discursos de deputados. A partir de amanhã, a Câmara entrará em recesso branco para que os parlamentares se dediquem às campanhas eleitorais.
Não foram votadas as medidas provisórias (MPs) 435, que trata do superávit financeiro, e a 436, que define a tributação de bebidas. Pela manhã, o plenário da Câmara concluiu a votação de duas MPs que estavam trancando a pauta e perderiam a validade nas próximas semanas se não fossem aprovadas.

As duas MPs já passaram pelo Senado e seguem agora para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Uma delas trata do Fundo de Garantia para construção naval e a segunda isenta de impostos a importação e comercialização da farinha de trigo para o pão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.