Seis pessoas são mortas em chacina no Paraná

Seis pessoas - cinco homens e uma mulher - foram executadas no fim da noite de ontem dentro de uma casa de dois cômodos no Bairro Xaxim, região sul de Curitiba. As testemunhas ouvidas pela polícia disseram que os mortos eram usuários de droga, por isso a polícia trabalha com a hipótese de que seria um acerto de contas do tráfico.

Agência Estado |

As informações são de que o crime teria sido cometido por três homens, mas até a tarde de hoje a polícia ainda não tinha pistas sobre eles.

O tenente Marcos Vinícius, da Polícia Militar, que atendeu à ocorrência durante a madrugada, destacou que a casa já era investigada por policiais, em razão de várias denúncias. "Já é um local bem conhecido", afirmou. Vizinhos também confirmaram que havia movimentação intensa, principalmente à noite, quando várias pessoas se reuniam ali para consumir crack. A polícia informou não ter encontrado droga na casa.

Segundo as informações colhidas pela polícia, três homens teriam entrado na residência. Eles obrigaram as seis pessoas que estavam no local a ficarem de bruços, antes de os atingirem. De acordo com a polícia, os tiros atingiram sobretudo a região da cabeça, embora alguns tenham sinais nos braços. A ação demorou cerca de cinco minutos. Vizinhos disseram terem ouvido apenas tiros, mas nenhum grito. Os acusados teriam chegado a pé e fugido da mesma forma.

A casa pertencia a um dos mortos. Seu irmão, que mora numa casa ao lado, disse a emissoras de televisão que estava dormindo na hora da chacina. "Mas já estava esperando", acentuou. Ele confirmou que, apesar dos apelos da família, seu irmão era usuário de crack e a casa era usada frequentemente para o consumo da droga. "Já esperava, já paguei muita bronca dele", reforçou. "Não sei se ele devia algo, não sei se ele aprontou ou outros aprontaram, mas se tivesse dez ali, todos morreriam."

Esta é a terceira chacina ocorrida no Paraná desde setembro do ano passado, quando 15 pessoas foram mortas em Guaíra, na região oeste do Estado, também em decorrência do tráfico de drogas. Três pessoas foram presas sob acusação de terem cometido os crimes. No início de março, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, policiais militares mataram seis homens após receberem uma denúncia anônima de que eles se dirigiam a uma casa, onde estariam integrantes de uma quadrilha rival, com a intenção de realizar uma chacina.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG