Seis partidos oficializam candidatura de Tião Viana à presidência do Senado

BRASÍLIA - O líder do PDT no Senado, Cristovam Buarque (DF), e a líder do PT, Ideli Salvatti (SC), oficializaram nesta quarta-feira a candidatura do senador Tião Viana à presidência da Casa. No documento, protocolado na Mesa Diretora do Senado, seis partidos declaram apoio oficial ao petista. São eles: PT, PDT, Psol, PRB, PSB e PR Segundo Viana, PP e PCdoB também devem confirmar apoio a sua candidatura nos próximos dias.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Até o dia 2 de fevereiro, quando ocorrerá a eleição dos novos membros Mesa Diretora do Senado (presidente, vice-presidente, quatro secretários e um corregedor), Viana pretende não só telefonar para os colegas à procura de votos, como irá viajar até alguns Estados para conversar pessoalmente com senadores que ainda não voltaram para Brasília por conta do recesso parlamentar, que termina apenas no final de janeiro.

Serão precisos pelo menos 41 votos entre os 81 senadores para eleger o novo presidente da Casa. Segundo a senadora Ideli Salvatti, como a eleição do novo presidente ocorre em votação secreta, senadores do PMDB e DEM poderão trai Sarney e votar em Viana.  Pelas contas da senadora, nos bastidores, 36 senadores confirmaram o voto no petista.

Leia mais sobre : presidência do Senado 

    Leia tudo sobre: eleição no senado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG