Segurança reage e escapa de sequestro-relâmpago

SÃO PAULO - Um segurança de 32 anos mantido refém por dois homens reagiu a um sequestro-relâmpago e conseguiu escapar. Ele desarmou um dos bandidos e ainda atirou contra a dupla, que fugiu.

Agência Estado |

A vítima foi abordada na noite desta terça-feira quando chegava na casa de um amigo na Vila Jacuí, zona leste de São Paulo. "Eu já estava fora do carro e eles me colocaram para dentro", contou o segurança, que pediu para não ter o nome revelado.

Enquanto um dos bandidos dirigia o veículo, o outro, armado com um revólver calibre 38, permaneceu no banco traseiro do veículo com a vítima. Eles rodaram por menos de 15 minutos antes de o segurança resolver reagir. "Quando ele (o bandido) falou que ia me matar, entrei em luta corporal", explicou.

O ladrão que estava ao volante parou o veículo para ajudar o comparsa. A vítima conseguiu abrir a porta traseira do carro e caiu no chão, junto com o bandido que estava armado. "Dei uma chave de braço nele e consegui pegar a arma", relatou o segurança.

Quando os bandidos perceberam que a vítima estava armada, saíram correndo e conseguiram fugir. A vítima não soube dizer ao certo quantos tiros deu contra os bandidos, mas de acordo com informações da Polícia Militar foram cinco disparos. "Não sei dizer se acertei algum deles", confessou o segurança. Na queda do veículo, ele sofreu escoriações na mão esquerda.

A dupla, que ainda não foi identificada pela polícia, fugiu levando a carteira da vítima, que continha documentos pessoais, um cartão bancário e cerca de R$ 60 em dinheiro. Conforme informações da Polícia Civil, o revólver usado no crime é roubado. O caso foi registrado no 63º Distrito Policial (Vila Jacuí).

Leia mais sobre: sequestro

    Leia tudo sobre: seqüestro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG