Segunda edição da CowParade em São Paulo espalha vacas pela cidade

Pela segunda vez as esculturas da CowParade invadem as ruas da cidade de São Paulo. A primeira edição, de 2005, chamou a atenção com vacas como a Cowriza, que estava resfriada, e a Bomfim, coberta com mais de 10.000 fitas do padroeiro.

Guss de Lucca, iG São Paulo |


Agora as vaquinhas estão de volta com novos exemplares curiosos, como a Cowgestionamento, enfeitada com quase 5 mil carrinhos, a Cownect, toda coberta por fios fluorescentes, e a Vaca da Garoa, cuja pintura retrata de forma melancólica as ruas de São Paulo da década de 1940.

Augusto Gomes

A escultura Cownect, parte do Circuito das Vacas de 2010

O Circuito das Vacas surgiu em 1998, quando o artista suíço Walter Knapp e seu filho, Pascal, criaram o conceito e os moldes das esculturas em formato de vacas. Uma década depois e o evento já é reconhecido como um dos mais importantes do mundo, contabilizando a criação de mais de 4 mil vacas em todos os continentes.

De acordo com Catherine Duvignau, da Toptrends, empresa que organiza o evento no País, até o fim desta sexta-feira todas as vacas da edição deste ano deverão estar em seus devidos lugares. Para saber onde encontrá-las acesse o nosso infográfico.

    Leia tudo sobre: circuito das vacascowparade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG