Sedativo de agredido em livraria começa a ser retirado

A equipe médica que atende o designer Henrique de Carvalho Pereira, agredido com um taco de beisebol dentro de uma livraria em São Paulo, começaram a retirar hoje os sedativos do paciente. Segundo o hospital, o estado do paciente ainda é considerado grave e ele continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) respirando com ajuda de aparelhos.

Agência Estado |

A partir de agora, será possível avaliar se a vítima ficou com sequelas.

Pereira, de 22 anos, foi atingido na cabeça na segunda-feira. De acordo com a polícia, Alessandre Fernando Aleixo, de 38 anos, usou o taco de beisebol para golpear a vítima. Aleixo foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e levado ao 78º Distrito Policial (DP), nos Jardins. O designer já passou por duas cirurgias para retirar coágulos de sangue no cérebro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG