Secretários de Cultura do Nordeste unificam propostas para Região

RECIFE ¿ O ministro da Cultura, Juca Ferreira, e todos os secretários estaduais de Cultura do Nordeste se reúnem nesta terça-feira com os governadores da região, durante o IX Fórum de Governadores do Nordeste, para entregar um plano estratégico para a cultura do Nordeste. O plano foi discutido segunda-feira, em uma reunião com todos os secretários, no Recife.

Agência Nordeste |

De acordo com a presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Luciana Azevedo, o documento contém 86 propostas de ações, que potencializam a cultura como eixo sustentável.

O plano é formado por ações conjuntas, que serão coordenadas pelo Ministério da Cultura (Minc) e viabilizadas pelos governos estaduais. Esses projetos incluem campanhas publicitárias a nível nacional e internacional, além de roteiros, onde os turistas poderão escolher mais de um Estado para visitar. Ao invés de ficar puxando o turista para um lado ou outro, iremos oferecer roteiros em que eles poderão visitar dois ou três Estados, por exemplo, informou Luciana Azevedo. Entre as propostas também está um calendário cultural unificado para a Região. O principal objetivo dos secretários é fazer com que os governadores levem a questão ao Governo Federal.

Para o secretário de Cultura da Bahia, Márcio Meirelles, é necessário consolidar políticas públicas de cultura, para transformar a cultura em fonte de renda e emprego. "Somos uma região rica. Precisamos unir forças para fomentar políticas públicas para a cultura. O nosso objetivo é propor aos governadores a cultura como fator de desenvolvimento, geração de renda e emprego", afirmou. Reiterando o que Meirelles disse, Luciana Azevedo lembrou "que é preciso definir cultura como centro e não como adorno".

Outra questão levantada pelo secretário de Cultura do Maranhão, Joaozinho Ribeiro, foi a da desigualdade regional. Para ele, a integração entre os estados que compõe o Nordeste ajudará a combater as disparidades no País. "O combate às desigualdades regionais só se pode fazer com a integração, aperfeiçoando a economia. É, por exemplo, não ver a festa pela festa, mas como geração de renda", concluiu. Ribeiro ainda destacou a necessidade de ser fazer um mapeamento da produção criativa e do patrimônio cultural do Nordeste, por meio da cartografia. Esse item também está incluso no plano, que será entregue hoje.

O Fórum dos Governadores contará com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, além dos chefes do executivo dos Estados nordestinos.

Durante o Fórum, o ministro Juca Ferreira receberá dos secretários de Cultura dos Estados a proposta de unificação do calendário cultural de realizações de toda a Região, batizado de Plano de Conexão do Nordeste.

Leia mais sobre: Ministério da Cultura

    Leia tudo sobre: cultura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG