Secretário foragido na BA se entregará hoje, diz defesa

O secretário de Governo e Comunicação de Porto Seguro, Edésio Lima Dantas, deve se apresentar à polícia na tarde de hoje, segundo seu advogado, Gutemberg Vieira. Ele é acusado pelo Ministério Público Estadual de ser o mandante de dois homicídios contra integrantes do sindicato dos professores do município do litoral baiano, em setembro do ano passado, e é considerado foragido desde 9 de fevereiro, quando o juiz da Vara Criminal da cidade, Roberto Costa Freitas Júnior, expediu mandado de prisão preventiva contra ele.

Agência Estado |

Dantas foi denunciado junto com três policiais militares e dois funcionários da prefeitura pelos assassinatos de Álvaro Henrique Santos, de 28 anos, e Elisney Pereira dos Santos, de 31, em 17 de setembro. À época, os professores de Porto Seguro estavam em greve e as vítimas eram líderes do movimento.

Os três policiais acusados de participação nos crimes apresentaram-se ontem ao delegado Rodolfo Faro, da 23.ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), e estão detidos no batalhão da Polícia Militar (PM) na cidade, à disposição da Justiça. Os dois outros servidores municipais acusados de envolvimento nas mortes continuam foragidos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG