Secretário diz que população do Rio não deve se alarmar com a gripe suína

RIO DE JANEIRO - O secretário estadual de saúde do Rio de Janeiro, Sérgio Côrtes, disse nesta terça-feira que a população do Rio não precisa se alarmar com os casos suspeitos de gripe suína no Estado. Segundo ele, os dois casos, um na capital e outro no município de Volta Redonda, ainda não foram 100% descartados, mas a probabilidade de serem confirmados é baixa.

Anderson Dezan, do Último Segundo |

A declaração foi feita durante o anúncio da criação do Gabinete Integrado de Emergências para a Influenza Suína, das secretarias municipal e estadual de saúde.

"Não tem que ter nenhum alarmismo. Não temos no Estado do Rio nenhum caso confirmado. Tivemos dois casos que estão sendo acompanhados.Até o momento não houve nenhum tipo de complicação ou evolução de um desses casos", disse Côrtes. "É fundamental que a população não faça uso de medicamentos por conta própria, caso tenha algum sintoma, procure o posto de saúde para que possa ser atendido e orientado", afirma.

De acordo com o secretário, o gabinete integrado tem como objetivo monitorar informações e criar ações caso surjam ocorrências de gripe suína no Estado do Rio. Entre as medidas aprovadas, está a destinação de até 100 leitos em hospitais públicos para o possível surgimento de pacientes vítimas da doença. Estão reservados 10 leitos no Hospital Evandro Chagas e previstos 60 no Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro (Iaserj). No Hospital Universitário Pedro Ernesto, estão previstos 20 leitos, número que pode chegar a 40.

Outra ação aprovada pelo gabinete integrado é o apoio das equipes das secretarias municipal e estadual de saúde aos agentes da Agência Nacional de Saúde (Anvisa), que são responsáveis pelo monitoramento de passageiros no Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim.

Aeroportos fazem prevenção de voos vindos do México

(*Com informações da Agência Estado)


Gripe Suína no Brasil:

Entenda a gripe suína:

Leia também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripegripe suínario de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG