Secretário de Segurança do RS pede demissão

O secretário de Segurança do Rio Grande do Sul, José Francisco Mallmann, anunciou hoje que pediu demissão do cargo. Mallmann, que havia deixado a Polícia Federal (PF) para assumir a pasta, foi o segundo a ocupar a função no governo Yeda Crusius (PSDB).

Agência Estado |

Antes dele, o deputado federal Enio Bacci (PDT-RS) teve uma saída conturbada da secretaria. A governadora ainda não comentou a mudança.

Mallmann afirmou que saiu no momento certo, quando 86% dos indicadores do setor estão sob controle, e disse que recebia pressão de familiares para deixar o cargo. Ele negou que a saída tenha relação com possível crítica da governadora pelo fato de não ter sido alertada pela PF sobre a Operação Rodin, que investigou esquema ilegal no Departamento Estadual de Trânsito (Detran). A fraude teria causado prejuízo de R$ 44 milhões aos cofres públicos entre 2003 e 2007 e levado o governo de Yeda a uma crise política.

Ao mesmo tempo, o secretário de Desenvolvimento e Assuntos Internacionais, Fernando Záchia, teve seu último dia hoje de agenda à frente da pasta. Já era esperada a saída de Záchia para atuar na coordenação da campanha de José Fogaça (PMDB) à prefeitura de Porto Alegre. Com as últimas mudanças, o governo acumula mais de dez trocas no primeiro escalão desde janeiro do ano passado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG