SÃO PAULO (Reuters) - O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Ronaldo Marzagão, deixou o cargo na noite de terça-feira. A saída foi aceita pelo governador José Serra (PSDB). Segundo a secretaria, o governador nomeou o secretário-adjunto Guilherme Bueno de Camargo como interino. O Palácio dos Bandeirantes informa que não há previsão de indicação de um novo secretário e Serra ainda não se manifestou publicamente sobre a saída.

Marzagão alegou motivos pessoais para o pedido de demissão em meio a denúncias recentes de corrupção contra seu ex-secretário-adjunto Lauro Malheiros Neto. Vídeo divulgado pela imprensa mostrou venda de cargos pelo ex-adjunto.

Marzagão ocupava o posto desde o início do governo Serra em 2006. Advogado criminalista, Marzagão foi capitão da Polícia Militar, promotor e procurador de Justiça e assessor jurídico do Ministério da Justiça.

(Reportagem de Fabio Murakawa e Carmen Munari)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.