Secretaria nega ter chamado PM para deter briga

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo informou nesta sexta-feira que a diretoria da Escola Estadual Disnei Francisco Scornaienchi, em Campinas, não chamou a Ronda Escolar para conter o descontrole de uma criança de 7 anos. De acordo com a secretaria, a visita dos policiais foi de rotina e coincidiu com o momento em que a aluna teria tentado agredir professoras e uma colega de classe.

Agência Estado |

A garota foi levada na quarta-feira para o 5º Distrito Policial em Campinas em uma viatura. A estudante foi suspensa por seis dias.

A secretaria informou que a Diretoria de Ensino de Campinas vai apurar os procedimentos adotados pela escola e que a estudante terá acompanhamento psicológico semanal.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG