Os funcionários do Penitenciária Adriano Marrey II, em Guarulhos, na Grande São Paulo, fizeram a contagem dos presos, segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária. De acordo com a secretaria, não há rebelião entre os detentos nem houve fuga, como a polícia militar havia informado.

A explosão da bomba, por volta das 10 horas, abriu um buraco na muralha do presídio, que fica ao lado da rodovia Presidente Dutra. Segundo a SAP, o presídio tem capacidade para 1.200 vagas, mas não foi informado o número de presos no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.