Um encontro entre representantes de professores grevistas e a secretária da Educação do Estado de São Paulo, Maria Helena Guimarães de Castro, acabou hoje em impasse. Os presidentes de seis sindicatos do setor de ensino reuniram-se com Maria Helena para debater o Decreto 53.

037, que regulamenta, entre outros pontos, as transferências de professores na rede estadual.

"Ela (a secretária) disse que não vai revogar o decreto. Com relação ao reajuste salarial, disse que está negociando com a equipe econômica, mas ela está falando isso desde o início do ano", afirmou o presidente do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Carlos Ramiro de Castro. No segundo dia de greve, a secretaria informou que 98% dos 250 mil professores da rede compareceram ao trabalho hoje. Já a Apeoesp afirma que 60% das unidades estaduais de ensino aderiram à greve.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.