Secretaria diz que agressão em escola é caso isolado

A Secretaria Estadual da Educação abriu um procedimento para investigar o caso do adolescente de 16 anos que esfaqueou um colega de sala, de 15 anos. O episódio aconteceu hoje na escola Jenny de Toledo Piza Schroeder, em Ribeirão Preto, interior do Estado.

Agência Estado |

De acordo com o governo, a agressão é um caso isolado na rede.

Segundo nota da Secretaria, a agressão será discutida em reunião do conselho escolar da unidade com os responsáveis do estudante que golpeou o colega. As providências devem ser anunciadas na próxima semana.

A Secretaria diz que o incidente "não reflete a realidade das 5.400 escolas da rede". "A Secretaria trabalha no combate à violência escolar e tem conquistado resultados significativos com o Programa de Proteção Escolar, implantado este ano. O projeto conta com manuais de procedimentos e conduta, que servem como referência para a convivência no ambiente escolar e detalham normas a serem adotados em situações de conflito", completa a nota.

Nesta sexta-feira, os adolescentes se desentenderam na sala de aula por causa de uma carteira. A vítima foi levada por funcionários até uma Unidade Básica de Saúde (UBS) próxima e não corre risco de morte.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG