Secretaria de SP alerta para problemas de saúde após enchentes

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo faz um alerta sobre a necessidade de prevenção dos problemas de saúde que podem surgir em decorrência das enchentes causadas pelas chuvas. Segundo informações da pasta, o risco de doenças infecto-contagiosas aumentam com o contato com água suja, que carrega uma série de bactérias e vírus.

Agência Estado |

A leptospirose, provocada por uma bactéria encontrada na urina do rato e que pode entrar pela pele humana, é um dos principais problemas trazidos pelas enchentes. Se a pessoa tiver sintomas como febre, dor muscular, náuseas e dor de cabeça deve procurar um médico imediatamente e relatar o contato com alagamentos. Além da leptospirose, as enchentes aumentam riscos de hepatite A; diarreia aguda causada por bactérias, vírus e parasitas; e febre tifoide, causada pela salmonella typhi, bactéria encontrada nas fezes de animais.

O infectologista do hospital estadual Emílio Ribas, Jean Gorinchteyn, orienta o uso de luvas e botas - ou sacos plásticos - para se proteger durante faxinas de locais alagados. Roupas, sapatos e tapetes devem primeiro secar no sol, para matar as bactérias, para depois serem lavados. Ainda de acordo com o especialista, remédios e alimentos que tiveram contato com a água da enchente devem ser jogados fora.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG