RIO DE JANEIRO - O secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, encaminhou documento ao Tribunal de Justiça do Estado recomendando a demissão de oito policiais militares. Os oficiais são suspeitos de prestar serviços de segurança no transporte de drogas pertencentes ao traficante Fernandinho Beira-Mar.

De acordo com a Secretaria de Segurança, os policias militares também teriam liberado suspeitos durante operações e participado de roubos a caixas eletrônicos. Há ainda a suspeita de que os oficiais tenham negociado uma redução de ações da PM na Cidade de Deus, zona oeste do Rio.

No grupo dos oficiais citados por Beltrame estão um tenente-coronel, dois tenentes, um major e quatro capitães. As informações, confirmadas pela Secretária de Segurança, são as de que o documento foi enviado na semana passada ao Tribunal de Justiça.

De acordo com a Constituição, um policial militar só pode perder sua patente caso seja considerado culpado pela Auditoria Militar. Como no Estado do Rio não há a figura dessa segunda instância, os julgamentos são feitos pela Seção Criminal do TJ.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.