Secretária confirma morte de 20 bebês no Pará

A secretária de Saúde do Pará, Laura Rosseti, confirmou neste sábado a morte de oito bebês nesta semana. A secretária disse que, desde o último dia 21, 20 bebês morreram na Santa Casa de Misericórdia de Belém.

Redação |

Laura afirmou que a Vigilância Sanitária já descartou que a causa seja infecção hospitalar. Segundo a secretária, o hospital já enviou para análise laboratorial o material colhido dos bebês para determinar a causa das mortes.

Segundo a secretária, o estado está tentando identificar os municípios de origem das mães e dos bebês. Ela explicou que muitos casos são tratados nas cidades de origem e encaminhados para Belém quando ficam graves, mas esta locomoção muitas vezes é longa e feita por meio de barcos, e coloca a saúde dos bebês em risco.

Para resolver essa situação, a secretaria criou uma comissão multiprofissional para avaliar as condições das UTIs neonatais dos hospitais públicos e privados do Estado. A intenção é evitar que os pacientes cheguem a Belém já com a saúde debilitada e com a chance de cura reduzida.

Laura disse, também, que há carência de pediatras no Estado, especialmente especialistas na área neonatal. Na Santa Casa, há apenas 20 leitos na UTI neonatal.

Para aumentar a capacidade de atendimento, a secretária informou que duas clínicas particulares foram contatadas pelo governo do Estado para firmar uma parceria que permita dobrar o número de leitos e atender a mais bebês. 

Leia mais sobre morte de bebês

    Leia tudo sobre: mortespará

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG