Nível de água melhora nos sete reservatórios da região metropolitana de SP

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Cantareira passou de 7,1% para 7,3% e Alto Tietê de 13,7% para 14,1%; demais reservatórios da região metropolitana tiveram aumento das águas

Agência Brasil

O nível dos sete reservatórios que abastecem a região metropolitana de São Paulo aumentou neste domingo (15), mostra levantamento diário da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Embora o percentual de reserva de água continue em nível crítico, o Sistema Cantareira registra altas desde o dia 5 deste mês, quando estava com apenas 5% da capacidade. Hoje está com 7,3%.

Nos primeiros 15 dias de fevereiro, o volume de chuva acumulado nas represas do Sistema Cantareira, de 163,5 milímetros (mm), já se aproxima da média histórica para o mês, que é 199,1 mm. Apenas no dia 9 não foi registrada chuva no sistema. O dia 10 foi o que teve mais precipitação, com 35,5 mm.

Leia também: Cantareira registra 70% do volume de chuva esperado para fevereiro

O Alto Tietê, reservatório que também se encontra em nível crítico, subiu de 13,7% para 14,1%. O acumulado de chuva chegou a 173,2 mm. A média para o período é 192 mm. O Guarapiranga, depois de ter caído 0,2 ponto percentual de sexta-feira para sábado, voltou a apresentar alta e está com 55,2% da capacidade.

O nível do Alto Cotia passou de 34,2% para 34,4%. No Rio Grande, reservatório com maior percentual de armazenamento (80,7%), a alta foi de 0,5 ponto percentual. O Rio Claro chegou hoje a 32,1% da capacidade.

Leia mais: Com ameaça de seca do Cantareira, especialistas pedem medidas de curto prazo

Na última sexta-feira (13), o governador Geraldo Alckmin anunciou que o estado terá um plano de contingência para enfrentar a crise hídrica que afeta a região metropolitana da capital. O plano vai prever, por exemplo, como deve ser feito o abastecimento de instituições que não podem prescindir do fornecimento de água, como escolas, hospitais e penitenciárias.

Vaca caminha pela Represa Jacareí, no dia 29 de janeiro: normalmente ali teria água. Foto: Futura PressSituação calamitosa da Represa Jacareí, parte do Sistema Cantareira, no dia 29 de janeiro. Foto: Futura PressCarro no meio na Atibainha devido ao baixo nível da represa: cenário desolador. Foto: Futura PressPedalinhos inutilizados na Represa Atibainha, parte do Cantareira, em janeiro. Foto: Futura PressRepresa Atibainha, em janeiro de 2015. Foto: Futura PressLixo surge na Represa de Atibainha, em janeiro. Foto: Futura PressEm protesto contra a falta de água, governador Geraldo Alckmin é ironizado por manifestantes (26/01/2015). Foto: AP PhotoEm São Paulo, moradores organizaram uma passeata contra a falta de água. Foto: AP PhotoMoradores protestam contra a falta de água em São Paulo (26/01/2015). Foto: AP PhotoProtesto 'Banho Coletivo na casa do Alckmin', na manhã desta segunda-feira (23), em frente ao Palácio dos Bandeirantes. Foto: Futura PressFalta de água em São Paulo se agrava e motiva protestos . Foto: AP PhotoRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em setembro; veja mais imagens da situação dos reservatórios do Sistema Cantareira. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemRepresa do Jaguari, na cidade de Vargem, em foto de setembro. Foto: Luiz Augusto Daidone/Prefeitura de VargemObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura PressObras do Sistema Cantareira no segundo volume morto. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura Press Seca no reservatório do Rio Jacareí, em Joanópolis, São Paulo. Foto: Futura PressSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia Stavis


Leia tudo sobre: brasilcrise da águarepresasalta

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas