A forte chuva que atingiu o Rio Grande do Sul na última terça-feira não alterou os efeitos da longa estiagem que castiga o estado. Segundo a Agência Brasil, os municípios gaúchos Severiano de Almeida e Marcelino Ramos decretaram situação de emergência.

De acordo com a Defesa Civil do Estado, agora são 31 cidades em situação de emergência pela falta de água e pelas altas temperaturas.

A Agência Brasil informou que o Serviço Municipal de Águas e Esgotos de São Leopoldo (Semae) registrou, no início da semana, apenas 50 centímetros de água acima das bombas de captação do Rio dos Sinos. Hoje, de acordo com o monitoramento do Semae, o nível dos Rios Sinos e Gravataí subiu e está entre 70 centímetros e um metro acima das bombas de captação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.