Seca deixa 31 cidades de SC em estado de emergência

A estiagem que castiga as regiões oeste e meio-oeste de Santa Catarina levou 31 municípios do Estado a decretarem situação de emergência, sendo que 11 deles em abril - Santa Helena, Maravilha, Princesa, Presidente Castello Branco, Seara, São José do Cedro, Descanso, Chapecó, Coronel Freitas, Sul Brasil e São João do Oeste. Todos esses municípios enfrentam problemas de seca desde o final do ano passado, mas a situação se agravou e as atividades agropecuárias estão bem prejudicada, segundo informou a Defesa Civil.

Agência Estado |

O diretor do órgão, major Márcio Luiz Alves, disse que o consumo da população está sendo atendido pela Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) nos municípios em que atua e pelos sistemas de distribuição municipal. "O prejuízo desta estiagem está na agropecuária, que envolve a suinocultura, avicultura e bovinocultura, principais atividades econômicas destas regiões", explica.

De acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural/Centro de Informação de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Epagri/Ciram), a primeira semana de abril foi bastante seca no Estado, situação que agravou ainda mais a estiagem nas regiões oeste e meio-oeste.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG