Se depender do PT, Múcio permanecerá no cargo, afirma Dulci

BRASÍLIA - O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Luiz Dulci, afirmou nesta segunda-feira que, se depender do PT, o ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, permanecerá no cargo fazendo o seu ¿bom trabalho¿.

Carollina Andrade |

Não sei se algum partido está fazendo esta pressão (para saída do ministro do cargo), mas o PT certamente não está, destacou o ministro Dulci.

Após o Planalto reafirmar na semana passada que o PMDB é o aliado fundamental do PT na disputa de 2010, os peemedebistas passaram a pressionar o Planalto para obter o cargo do ministro Múcio, além de mais cargos para aliados e a revisão de exonerações na estatal Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que atingiram afilhados peemedebistas. A pressão da maior legenda da base governista faz parte da estratégia para manter a negociação do apoio à candidatura ao Planalto da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

No Senado, a bancada do PMDB estuda a elaboração de um documento para pressionar o presidente Lula a entregar o cargo do ministro Múcio ao partido. O texto traria falhas do ministro nas negociações com o Congresso.


Leia mais sobre: eleições 2010

    Leia tudo sobre: eleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG