Schwarzenegger lamenta morte de Michael

Los Angeles (EUA), 25 jun (EFE).- O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, afirmou hoje que, com a morte do cantor americano Michael Jackson, o mundo perdeu uma de suas figuras mais influentes e icônicas.

EFE |

Em nota, Schwarzenegger confessou que a morte do "rei do pop" o surpreendeu.

"Nossos corações estão com a família de Michael Jackson, seus filhos e seus fãs no mundo todo", disse o governador, que também manifestou a tristeza de sua mulher, Maria Shriver.

"Desde suas apresentações com o Jackson Five à estreia do passo 'moonwalk' e do álbum 'Thriller', Michael foi um fenômeno do pop que nunca parou de impulsionar a criatividade", acrescentou Schwarzenegger.

Para o governador californiano, apesar das "sérias perguntas" que se fazem a respeito da vida pessoal de Michael, não há dúvidas que ele foi "um grande homem do espetáculo" e que "sua popularidade atingiu gerações em todo o planeta", disse.

Michael morreu hoje, em Los Angeles, aos 50 anos. Uma investigação foi aberta para determinar as causas da morte do cantor. EFE fmx/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG