Saúde libera R$ 225 mi para construir mais 880 unidades básicas

O ministério da Saúde liberou R$ 225,4 milhões para a construção de 880 Unidades Básicas de Saúde (UBS) nos 26 Estados do País e no Distrito Federal. Segundo informações divulgadas pela assessoria do ministério, 779 municípios serão beneficiados pelas novas UBS, que são os principais locais de atuação de equipes do programa Saúde da Família, que trabalham em ações de prevenção e reabilitação de doenças e manutenção da saúde nas comunidades.

Agência Estado |

A meta, de acordo com a pasta, é que em 2010 as novas unidades estejam funcionando e a expectativa é que, nos próximos dias, outros 200 municípios sejam beneficiados.

Para o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, as unidades básicas de saúde são "um grande avanço para a qualificação da atenção básica e terão impacto direto na saúde dos brasileiros". "Com elas, será possível reforçar e melhorar o atendimento da população por meio do Estratégia Saúde da Família. Além disso, vão contribuir diretamente para o trabalho de redução da mortalidade infantil e controle de doenças crônicas, que vêm sendo feito pela atuação das equipes do Saúde da Família", disse ele, segundo a nota divulgada pela assessoria de imprensa do ministério.

As UBS contam com consultórios médicos e odontológicos, banheiros e salas de espera. Cada unidade custa R$ 200 mil, se for para uma equipe de Saúde da Família, e R$ 400 mil quando o espaço tem capacidade para receber três equipes. De acordo com a pasta, os investimentos para a construção das unidades são orientados pelo Plano Nacional de Implantação de Unidades Básicas de Saúde, que prevê a utilização de um valor total de R$ 330 milhões para a construção de UBS em 2009 e 2010.

Sandra Manfrini

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG