Saúde lança campanha para prevenir surto de dengue no verão

RIO DE JANEIRO - Com o objetivo de mobilizar gestores, profissionais de saúde e toda a sociedade para prevenir um novo surto no verão, foi lançada nesta segunda-feira no Rio, pelo Ministério da Saúde, a edição 2008 da Campanha Nacional de Combate à Dengue.

Agência Brasil |

De acordo com o ministério, o foco das ações será reforçar a necessidade de eliminação de criadouros de mosquitos no período pré-chuvoso e reduzir o impacto da dengue, na fase de alta infestação. Além disso, haverá atividades específicas para esclarecer a população sobre o que fazer em caso de suspeita da doença.

As peças publicitárias, que têm como slogan Brasil Unido contra a Dengue, começam a ser veiculadas nesta segunda-feira nas emissoras de rádio e televisão, em revistas, mobiliário urbano, internet e jornais. Foram investidos R$ 40,3 milhões, dos quais R$ 4,2 milhões para produção e R$ 36,1 milhões para veiculação da campanha.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, serão investidos até o fim do ano em toda a estratégia de combate à dengue R$ 1,08 bilhão. Esse volume de recursos representa um aumento de 23% em relação a 2007. Os recursos adicionais são destinados aos municípios prioritários, como áreas de fronteira, de turismo, regiões metropolitanas e com mais de 50 mil habitantes.

O ministério informou que entre as ações que vem implementando ao longo do ano como parte dos esforços de prevenção da doença, firmou acordo com as Forças Armadas para que seus integrantes atuem como agentes de combate ao mosquito e no atendimento aos pacientes em áreas de risco. Além disso, a partir de novembro, mais de 300 professores de medicina e enfermagem serão capacitados para agir como multiplicadores, estendendo os conhecimentos para 31,6 mil pessoas que atuam diretamente em saúde.

No próximo dia 27, também começa a ser realizado o Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (Liraa), que vai verificar a infestação do mosquito transmissor em 169 municípios prioritários, permitindo atuar com medidas preventivas.

Leia mais sobre: dengue

    Leia tudo sobre: dengueministério da saúderio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG