O Ministério da Saúde vai credenciar mais 39 Laboratórios de Próteses Dentárias em 18 Estados para o programa Brasil Sorridente, representando investimentos de mais de R$ 280 mil. No total, 360 unidades no País devem atender os indivíduos com falta de dentes.

Com projeção para produzir 138.202 próteses este ano, o número representa aumento doze vezes maior desde 2005, segundo dados do próprio ministério.

Cada laboratório recebe até R$ 16,9 mil por mês para a produção de próteses totais e parciais removíveis. O serviço de próteses foi criado em 2003, quando o Ministério da Saúde realizou um levantamento em que verificou que 75% da população chegam até os 60 anos sem nenhum dente na boca. Desse total, 36% não têm próteses. Cada prótese total custa, em média, R$ 30, enquanto a prótese parcial custa R$ 40.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.