Satélite que monitora queimadas está com problemas nesta terça

Equipamento está com falha de calibragem e número de focos apresentados não é confiável

Márcio Apolinário, especial para o iG |

O satélite que faz o monitoramento de focos de incêndio, no País, está com problemas de calibragem nesta terça-feira (24). A falha apresentada pelo equipamento, utilizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), impede a identificação de focos de calor nas regiões do Brasil.

A falha foi identificada nesta manhã, quando o equipamento apresentava aproximadamente 2.500 focos de incêndio, número considerado muito abaixo do comum.

De acordo com o coordenador do Programa Nacional de Combate ao Fogo (Pronafogo), Waniu de Amorim, os focos de calor identificados não são confiáveis. “Esse tipo de problema atrapalha não só no monitoramento, mas também no que se refere ao combate também. Atualmente estamos trabalhando em ação conjunta com os órgãos estaduais, para conter o avanço desses focos”, explicou.

Focos ontem

Na segunda-feira (23), foram registrados mais de 12 mil focos de incêndio em todo o País. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), dos 12.359 casos, o Estado do Mato Grosso lidera no número de ocorrências, com um total de 4.007 focos. Em seguida aparece o Estado do Pará com 3.427casos.

    Leia tudo sobre: fogoqueimadasincêndiosatélitefalhaproblema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG