Sarney pede sanção do projeto que blinda advogados

BRASÍLIA - O senador José Sarney (PMDB-AP) subiu à tribuna do plenário do Senado, na sexta-feira, para pedir ao presidente Lula a sanção irrestrita do projeto que torna invioláveis os escritórios de advocacia. Na primeira sessão não deliberativa da Casa depois do recesso, Sarney alegou que o direito de defesa é uma das principais conquistas da democracia, e que, portanto, Lula não deveria vetar a proposição, como vem sinalizando.

Congresso em Foco |

"O direito de defesa, Sr. Presidente, é sem dúvida alguma uma das instituições maiores que nós construímos na história da humanidade, discursou Sarney, alertando que, caso Lula vete o projeto, seria um retrocesso no Direito brasileiro.

O projeto proíbe a emissão de mandados de busca e apreensão em escritórios de advocacia. Caso haja indícios de crime por parte de um advogado, no entanto, a Justiça designará um membro da Ordem dos Advogados do Brasil para acompanhar o cumprimento de um eventual mandado.

Leia a reportagem completa

    Leia tudo sobre: senado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG