Sarney manda publicar nomes dos 18 funcionários que não se recadastraram

BRASÍLIA - O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), autorizou nesta segunda-feira a divulgação dos nomes dos 18 servidores que não atualizaram seus dados no cadastro da Casa. O recadastramento, realizado há cerca de dois meses, foi determinado pela direção do Senado para ter um controle mais efetivo sobre a lotação dos seus funcionários.

Agência Brasil |

Segundo Sarney, como o prazo para aqueles que não responderam ao censo já terminou, a primeira medida será o corte dos salários e, em seguida, será dado um prazo muito pequeno para que essas pessoas se apresentem. Se isso não ocorrer, vamos demitir.

O recadastramento de todos os servidores do Senado foi realizado após uma série de denúncias sobre a existência dos chamados servidores fantasmas e a divulgação de atos secretos nos quais teriam sido feitas nomeações de servidores que não aparecem na Casa.

Leia mais sobre Senado


    Leia tudo sobre: sarneysenado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG