BRASÍLIA - A filha de um dos ajudantes de ordem do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), é suspeita de ser funcionária fantasma do Senado. A estudante Gabriela Aragão Guimarães Mendes, filha do ex-agente federal Aluísio Guimarães Mendes Filho, foi nomeada em 5 de janeiro de 2007 pelo então diretor-geral da Casa, Agaciel Maia, como assessora parlamentar do gabinete de Sarney.

Ela está até hoje na folha de pagamento do Senado, mas não aparece por lá para trabalhar. Seu trabalho de verdade não tem nada a ver com o Congresso - ela é estagiária da Caixa Econômica Federal (CEF).

AE
A estudante Gabriela Aragão Guimarães Mendes, filha de Aluísio

Nesta terça-feira, a reportagem procurou Gabriela na casa da família, no Setor de Mansões Dom Bosco, Lago Sul de Brasília. Foi a própria estudante quem atendeu. Indagada sobre seu emprego no Senado, ela evitou falar. Não posso dizer onde trabalho, disse. Em seguida, confrontada com a nomeação para o gabinete de Sarney, respondeu: Procure o setor de recursos humanos do Senado.

Pouco antes, a reportagem telefonou para o gabinete de Sarney e para a presidência do Senado. Nas duas oportunidades, em ligações gravadas, as funcionárias que atenderam disseram não haver nenhuma Gabriela entre os assessores do senador. A reportagem procurou, então, a mãe de Gabriela, Dila Maria Aragão, que mora no Rio de Janeiro. Ela disse que nunca soube que a filha tinha emprego no Senado. Ela trabalha é na Caixa Econômica. Faz estágio lá, afirmou. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia também:

Leia mais sobre: Sarney

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.